Boicote ao O Boticário. Sim ou Não?

em quarta-feira, 3 de junho de 2015

Eis a propaganda que esta “acabando com a família brasileira”.



Quando criei meu blog, o fiz porque queria falar de coisas que eu gosto, queria dividir minhas experiências e ajudar as pessoas de alguma forma. Por isso acho que não devo me calar diante de nenhuma injustiça. Desta forma, vou dividir com vocês minha opinião, lembro que ela não representa a opinião de nenhuma igreja evangélica, nem mesmo a que eu frequento e tanto amo.



Bom eu boicoto as lojas O Boticário já há alguns anos, sempre fui mal tratada nas lojas da empresa, em um dos shoppings de Belo horizonte fui literalmente esquecida por todas as vendedoras quando estava escolhendo um presente para uma pessoa importante para mim, nenhuma delas me abordou para atendimento, fique mais de 20 minutos dentro da loja sem que ninguém me notasse e perguntasse no que podiam me ajudar, era uma época de dias dos namorados, a loja estava realmente mais cheia, mas fiquei observando, todas as pessoas que entravam eram abordadas, eu que já estava dentro da loja não fui vista, acabei saindo e nunca mais comprei nada.

Não compro no O Boticário, porque eles não têm nenhuma maquiagem, base ou pó que seja do meu tom de pele, não me sinto representada pela marca, que também tem pouquíssimas funcionárias negras, nem vou falar das propagandas onde somos sumariamente esquecidas.

Agora boicotar a marca por mostrar uma realidade? Não.

Se eu fosse consumidora da marca não a boicotaria por mostrar casais gays trocando presentes no dia dos namorados, isso é um fato, não é invenção, eles existem, casais gays existem. Casais negros também, mas isso é pra outra discussão.

Os homossexuais que eu conheço são pessoas bondosas, batalhadoras, honestas, que querem e precisam ter seus direitos assegurados pelas leis do Brasil, eles merecem respeito, merecem viver da maneira que eles escolheram e merecem serem felizes. Casal gay também usa perfume, creme, shampoo, sabonete ou eles são alienígenas? Parem de viver como se estivéssemos na idade media, o Estado Islâmico faz isso é não dá certo, achar que boicotar uma marca vai diminuir ou acabar com os gays é muito pra mim.

Com tanta coisa mais importante para as igrejas cristãs se preocuparem vão ficar boicotando marca de produto de beleza. Não vejo pastores indo pro facebook pedir pra boicotar as lojas Renner que foi condenada a indenizar uma funcionária negra que era maltratada pela gerência só porque ela é negra. Maria Julia apresentadora do tempo no Jornal Nacional foi chamada de macaca por internautas, e eu não vi nenhum pastor se posicionar contra isso. A Petrobras sendo dilacerada pela corrupção e não vejo pastores pedindo a prisão dos corruptos no facebook.

Ao invés de incentivarem os cristãos a isso, que a meu ver nos rebaixa a fanáticos religiosos e nos iguala os extremistas islâmicos, que tal incentiva-los a coisas melhores, como por exemplo:

Leiam a Bíblia, estudem a palavra de Deus, para que vocês não sejam enganados por falsos pastores, que só querem o crescimento financeiro deles próprios.

Sejam mais gentis com as pessoas.

Ame seus vizinhos (mesmo eles sendo iguais aos meus totalmente sem noção e barulhentos).

Ame ao próximo, não só dentro da igreja, fora dela principalmente.

Adote uma alma para que você interceda por ela todos os dias, desde que não seja seu melhor amigo, pode ser aquela pessoa que te ofendeu e humilhou, ore por ela.

Faça o bem sem olhar a quem.

Seja grato pelo que você tem prosperidade não envolve apenas dinheiro no banco, carro do ano, mansão e roupas caras, dinheiro é nada perto da real prosperidade.

Novamente reitero, esse é minha opinião como pessoa, como cristã e como cidadã brasileira.

Respeito é bom e todos merecem.

Bjos.

Um comentário:

  1. Marisa Machado Lopes5 de junho de 2015 07:15

    Oi Sheila concordo com você eu também já fui mal atendida na boticário fui compra e as vendedoras fingiram que não me viu fui no balcão e disse quem e a gerente dessa loja ai ela apareceu eu disse você presisa ser uma lider não

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, elogio ou pergunta que respondo com todo carinho.



Topo