O Enem é sua redação polêmica

em segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Oi gente linda, o tema da redação do Enem foi “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira” e apesar da minha total felicidade pelo tema, acho que algumas pessoas não gostaram muito. Que tema difícil pra quem não assiste à TV, porque quando a ligamos em qualquer canal de noticias já sabemos que teremos uma manchete sobre violência contra a mulher. Infelizmente são espancamentos, estupros e assassinatos, mas ao ler a opinião de um menino do Maranhão no site G1 da Globo a respeito do tema da redação constatei que ainda temos um caminho longo a percorrer.



Como assim a violência contra a mulher não é algo real no Brasil, existem pessoas que pensam que é uma invenção das ‘feminazis’ para disseminar seus “conceitos do mal” contra os homens. Aliás ‘Feminazi’ foi a hastag usada por aqueles que acham que o tema da redação do Enem foi feminista demais, radical demais e contra os homens demais. (que dó) 
Qualquer pessoa que tenha mãe ou irmã, uma prima ou uma tia, sabe que violência contra a mulher é algo inaceitável, não é preciso ser feminista para defender essa posição, é preciso apenas ter um cérebro, quem gostaria de ver sua mãe sendo espancada, penso que ninguém, mas mesmo assim, ainda tem aqueles que acham que a violência contra a mulher é algo bobo, não real e que não precisa ser abordado. Pior são os que acreditam que a culpa é da vitima, que estava com uma roupa curta demais, que provocou o homem, que irritou o marido, que não foi submissa o suficiente, que enfim, mereceu ser agredida.
O vídeo abaixo é de um caso de estupro na cidade de São Paulo, que ocorreu este mês, uma menina de 14 anos indo pra escola, foi abordada por um ‘ser’ que se achou no direito de estupra-la, será que ela “pediu” por isso, afinal ela esta “totalmente sensual” com sua calça jeans, tênis e sua blusa de uniforme escolar. (espero que entendam a ironia).



Segundo o site Compromisso e atitudeentre 1980 e 2010 foram assassinadas mais de 92 mil mulheres no Brasil, 43,7 mil somente na última década’  o site informa ainda que “o número total de estupros registrados em 2012 subiu 19,3% em relação ao ano anterior, atingindo 50,6 mil casos – ou seja, quase seis denúncias a cada hora”, a violência contra a mulher é algo terrível, dilacera a alma da pessoa, tira a dignidade e a autoestima e coloca no lugar o medo e a vergonha, homem de verdade não agride fisicamente, nem psicologicamente, ele sabe valorizar a mulher e consegue andar lado a lado sem discriminação.
O tema da redação do Enem 2015 foi uma daquelas coisas que acontecem no Brasil e que nos ajuda a entender o quanto precisamos evoluir como sociedade, muitos jovens que prestaram o exame nunca devem ter vivido uma situação de violência, assim como muitos sabem exatamente como é ver ou viver tal abuso, espero que com essa discussão possamos encontrar caminhos para  políticas de proteção mais efetivas, temos a Lei Maria da Penha que ajuda bastante, mas precisamos de mais, quem sabe, no meio dessas milhares de redações, não se destaque alguma boa ideia para ser usada na proteção às mulheres.

Bjos (principalmente pra quem prestou Enem rsrsrsrs)

LEIA MAIS


Topo