Fenty Beauty chegou ao Brasil, mas ainda não é pra você - Blog Negras do Brasil Fenty Beauty chegou ao Brasil, mas ainda não é pra você | Blog Negras do Brasil

Fenty Beauty chegou ao Brasil, mas ainda não é pra você

Recém chegada no Brasil, a Fenty Beauty marca de maquiagem da rainha Rihanna, chegou causando alegrias e tristezas em alguns consumidores. Lançada em Setembro de 2017 nos EUA, Fenty Beauty já nasceu grande desbancando grandes marcas e abocanhando uma fatia de mercado que sempre foi esquecida pelas marcas de maquiagem, as mulheres negras.



Aqui no Brasil a empresa que irá representar a marca é a Sephora Brasil, a empresa então decidiu procurar influenciadores e famosos para fazer a divulgação do lançamento da Fenty, mas cometeu um erro clássico de empresas brasileiras e se “esqueceu” que a Fenty foi criada para dar representatividade para pessoas negras e escalou em sua maioria influenciadores brancos para divulgar o lançamento.

Mão branca lançamento Fenty Beauty Brasil
Revoltados com o posicionamento da Sephora muitos influenciadores negros famosos foram para as redes sociais reclamar desse “esquecimento”, reclamação válida e pontual, porem não podemos ser tão inocentes em pensar que a Sephora contrataria mais influenciadoras/maquiadoras negras que brancas, para promover a Fenty sendo que, o público que compra no site da Sephora é branco e classe média alta.
Por isso contratar pessoas que dialogam com esse público é o que qualquer empresa faria, não estou defendendo a Sephora que errou feio com a Fenty, (rompompompom neles Rihanna) mas temos que ser realistas, uma influenciadora negra fazendo publipost para a Sephora não atinge o público que a empresa deseja alcançar e fidelizar.

Leia também a Resenha Base Negra Rosa - Dark 4

Esse evento da Fenty me lembrou o motivo pelo qual me tornei uma blogueira, foi um episódio de lançamento de produtos para cabelos crespos e cacheados onde só tinha blogueiras brancas e lisas, a desculpa da marca, hoje líder de mercado, foi que, não havia encontrado em Belo Horizonte blogueiras crespas e cacheadas e por isso chamaram as que eles já conheciam, a Sephora irá arrumar alguma desculpa parecida e talvez envie alguns press kits para blogueiras negras divulgarem gratuitamente a Fenty.

E mesmo se desculpando, a Sephora não deseja ter influenciadores negros em seu time, porque seu público não conhece esses influencer e não se identificaria com eles, sou seguidora da maioria dos influencer negros que reclamaram desse posicionamento errado da empresa, mas não sou consumidora da Sephora, vi muitas maquiadoras brancas que sigo fazendo publipost, mas eu não vou consumir uma base no valor de R$219. Nesse momento de pandemia, esse valor faria muita falta para mim e por isso não tenho como gastar com luxo.


Assim como eu, várias outras pessoas, mesmo sendo fãs da Rihanna e desejando ter os produtos Fenty Beauty, não irão comprar nenhum dos produtos vendidos no site da Sephora, porque nesse momento esses lançamentos não são para nós, se eu tivesse que gastar R$219 com maquiagem seria comprando produtos da Negra Rosa (base, batom, pó compacto e gel ativador de cachos) e ajudar a fortalecer a mulher negra empreendedora brasileira.

0 comentários. Clique aqui para comentar!

Deixe seu comentário, elogio ou pergunta que respondo com todo carinho.